domingo, 30 de dezembro de 2012

UM LUGAR PARA SER



Para a Cosmologia Energética, cada planeta expele um sopro vital. O homem, no planeta Terra, recebe doze sopros, neste  estudo chamados energias, traduzidas por cores: uma de cada planeta do sistema, incluindo a própria Terra, uma de cada Luminar - Sol e Lua, e uma do Elno.


ELEMENTO
   COR
SIGNO/REGÊNCIA
ASPECTOS RELACIONADOS
FOGO

Vermelho
Sagitário
Marte
ação, ímpeto, sexualidade
Preto
Leão
Plutão
matéria, físico, dinheiro, valores
Dourado
Áries
Sol
essência, diferencial, alvo
TERRA
Amarelo
Virgem
Amarelo
comunicação, diplomacia, ideologia
Verde
Touro
Júpiter
nutrição física/mental/espiritual
Marrom
Capricórnio
Terra
paternidade, normas, hierarquia, espaço
ÁGUA
Prata
Peixes
Netuno
movimento, estratégia, sensitividade
Celeste
Cancer
Vênus
maternidade, criação, proteção, estética
Violeta
Escorpião
Lua
sofrimento, transformação, consciência
AR
Branco
Gêmeos
Urano
devoção, tradição, memória, família
Rosa
Aquário
Saturno
prazer, crianças, espontaneidade
Azul
Libra
Elno
razão, conhecimento universal
Obs.: algumas regências diferem daquelas consideradas pela Astrologia

Cabe aqui uma explicação sobre o Elno, que corresponde ao Azul, o qual não consta no gráfico, tampouco nas Efemérides. Trata-se de um planeta peregrino, semelhante a um cometa ou uma bexiga, sem conteúdo, que vai se preenchendo de acordo com o que apreende em seu trajeto. Segundo os índios, é um sugador de erros. Como não era visível antes de 1960, para cálculos de nascidos antes desse ano utiliza-se posições do Sol e da Lua (de dia, o Elno Azul está oposto à Lua e à noite oposto ao Sol). Após esse ano (1960), passou-se a adotar a posição de Quíron, uma lua de Elno.

A pedra que hoje ocupa o vácuo da Terra (Marrom) vem, através dos tempos, saltando nos vácuos desde Plutão. Veja palestra do Mestre Juan Uviedo no post INTRAS, EXTRAS E A EVOLUÇÃO DOS PLANETAS.

O terráqueo carrega neste vácuo a exigência de encontrar um lugar para ser. Acaba de passar pelo vácuo de Marte (Vermelho), o planeta da guerra, trazendo ainda a belicosidade intrínseca. Mesmo distante na memória, traz uma familiaridade com os temas expansivos de Júpiter (Verde), o prazer de Saturno (Rosa), a religiosidade de Urano (Branco), a sensitividade de Netuno (Prata), a representação da matéria de Plutão (Preto).

Ele conhece até certo ponto os elementos que o compõem, porém não em sua totalidade, pois ainda não passou pelos vácuos de Vênus, Mercúrio, Sol e Elno. Do amor criativo de Vênus (Celeste) compreende parcialmente a maternidade, a arte. Sobre a ideologia de Mercúrio (Amarelo), muito se fala, mas somente pode ser conhecida em situações extremas. A grande luz do ser é um sonho longínquo  do qual apenas sente os reflexos espelhados do Sol (Dourado). E a sabedoria de Elno (Azul), o movimento infinito, apresenta-se numa sacola impalpável de erros que se agiganta.

Encontrar um lugar para ser. Tarefa que exige o trabalho com as doze energias, neste cenário diversificado, altamente propício à experimentação. 



sábado, 29 de dezembro de 2012

OS VÁCUOS - PARTE II

Sistema Energético

Os vácuos formam uma parede para o cérebro, trazem informações de outras vivências que servem como base de segurança para a unidade, embora não sejam utilizadas no cotidiano.

Mestre Juan ensinou que apenas podem ter algum acesso ao arquivo:
  • as energias com filtros dissolventes, conforme seu posicionamento com relação ao vácuo, ou seja, as energias cujas flechas internas (como são representadas no Mapa Cosmológico) estejam direcionadas a um dos dissolventes, que são: Vermelho, Violeta, Amarelo e Rosa;
  • aquelas que coincidem com o vácuo, por exemplo, vermelho no vácuo vermelho.

De qualquer forma, verificar a relação de cada energia com o vácuo no Mapa permite saber a cena onde esta interage e de que forma, reunindo assim mais elementos para o autoconhecimento. 

As energias acondicionam-se ao redor do planeta em camadas separadas por primos: os egóicos, os de fé e os anárquicos. Na Terra, a massificação somente se torna possível entre irmãos, energias do mesmo elemento.

Relembrando,
as 12 energias

Na linha horizontal do quadro acima – irmãos:
  • Do elemento Ar – Rosa (Aquário), Branco (Gêmeos) e  Azul (Libra);
  • Do elemento Água – Celeste (Cancer), Violeta (Escorpião) e Prata (Peixes);
  • Do elemento Terra – Marrom (Capricórnio), Verde (Touro) e Amarelo (Virgem);
  • Do elemento Fogo – Dourado (Áries), Vermelho (Sagitário) e Preto (Leão).
Na linha vertical - primos:
  • Primos Egóicos – Rosa (Aquário), Celeste (Cancer), Marrom (Capricórnio) e Dourado (Áries) – energias que realizam, obrigam o corpo físico a acionar.
  • Primos de Fé – Branco (Gêmeos), Violeta (Escorpião), Verde (Touro) e Vermelho (Sagitário) – confirmam a existência pela fé, pelo que acreditam. São os críticos.
  • Primos Anárquicos – Azul (Libra), Prata (Peixes), Amarelo (Virgem) e Preto (Leão) – energias que revolucionam e comandam.

Entre irmãos, as relações são pelo dever. Eles se comprometem com as ações da Terra, sabem que vão formar uma família. Têm claro o que devem fazer, mas não sabem para quê. Sua relação com os primos é de desconfiança.


As relações entre primos são mais prazerosas e diretas. Existe uma cumplicidade por saberem do compromisso cósmico, para quê são as coisas. Sempre tentam atingir algo para si.

Cada energia encontra-se próxima a um vácuo no sentido horário e outro no anti-horário. No primeiro, o movimento é mais natural, facilita as lembranças; no segundo, é mais lento, retrospectivo.

É importante observar a natureza desse contato: 
  •  A energia em questão é prima ou irmã da cor do vácuo? Se for prima, os objetivos gerais coincidem e colaboram. Se for irmã, está condicionada a determinadas situações, mas tem chances de chegar a bom termo.
  • A energia não é nem prima, nem irmã da cor do vácuo? Terá que encontrar o caminho de menor resistência, dependendo de seu objetivo e das relações com as outras energias (veremos isso mais adiante).

Veja também VÁCUOS - PARTE I, neste site.



sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Maior buraco negro já encontrado engoliria Sistema Solar

O horizonte de eventos do super buraco negro, mostrado nesta ilustração, teria um diâmetro 11 vezes maior do que a órbita de Netuno.[Imagem: D. Benningfield/K. Gebhardt/StarDate]


Diante desta última notícia, de que localizaram o maior buraco negro já encontrado, constato uma vez mais os esforços humanos para compreender o Cosmos. Remco Van den Bosch, do Instituto Max Planck, na Alemanha, diz: "No momento existem três mecanismos completamente diferentes que tentam explicar a conexão entre a massa do buraco negro e as propriedades das galáxias. Nós não entendemos ainda o suficiente para saber qual dessas teorias é a melhor".


Mentes brilhantes avançam, explorando o terreno do inexplicável, deparando-se com as coisas inexplicáveis.


A luta entre as diversas correntes de pensamento se perpetuam e, quando existem confluências, dizem de forma pejorativa que uma se utiliza da outra para auto-explicar-se.


Somente para colocar uma observação pessoal, quero dizer que percebo uma confluência cada vez mais nítida. O Wu-Chi, o vácuo, o inominável (ou parte dele) aparece nas fotos em negativo, em positivo... hoje já é possível registrar em imagens aquela sensação que buscamos ao meditar!


Maravilhas deste universo indecifrável! 


Leia Matéria completa.

SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Maior buraco negro já encontrado engoliria Sistema Solar. 29/11/2012. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=maior-buraco-negro. Capturado em 30/11/2012.


Professor resume os progressos recentes no campo da Astrofísica que estuda os buracos negros e a evolução das galáxias.[Imagem: NASA]
Veja mais em: Quem surgiu primeiro, os buracos negros ou as galáxias?: Astrofísico brasileiro discute se os buracos negros são sementes ou cemitérios de galáxias.
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Quem surgiu primeiro, os buracos negros ou as galáxias?. 11/05/2011. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=buracos-negros-galaxias. Capturado em 30/11/2012. 


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Seta do tempo é confirmada: Universo não dá marcha-a-ré

Um "méson B vermelho" se transforma em um "méson B azul": os dados indicam que o a transformação de vermelho em azul ocorre em um ritmo diferente da transformação de azul em vermelho.[Imagem: Greg Stewart/SLAC]


A simetria CPT (carga-paridade-tempo) era a hipótese, agora derrubada, de que as interações físicas não se alteram se você inverter a carga de todas as partículas, mudar sua paridade - isto é, inverter suas coordenadas no espaço - e reverter o tempo. [Imagem: APS/Alan Stonebraker]


A seta quântica do tempo também é inexorável, o que derruba a hipótese da física de partículas conhecida como simetria do tempo.


Medindo o decaimento de partículas subatômicas chamadas mésons B, cientistas do Projeto BaBar descobriram a primeira evidência de que, mesmo no nível microscópico, o tempo flui em uma direção preferencial.



Leia a matéria completa.
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Seta do tempo é confirmada: Universo não dá marcha-a-ré. 26/11/2012. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=assimetria-tempo-confirmada-universo-nao-marcha-re. Capturado em 27/11/2012. 

Veja também nova forma de medir o tempo:

SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Relógio atômico conecta diretamente o tempo à matéria. 11/01/2013. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=relogio-atomico-conecta-tempo-materia. Capturado em 13/01/2013. 

domingo, 18 de novembro de 2012

CIVILIDADES


geovanegr.blogspot.com
Um feriado prolongado num centro urbano é paradisíaco. Libera a mente para encontrar humor em massacrantes situações cotidianas.

Gosto de observar as pessoas nos ônibus.


Existem leis e regras para se viver em comunidade e as implicações destas na prática são de uma variedade comparável ao Cosmos.


Redobrei minha atenção ao perceber a reação de um tio meu ao lhe oferecerem assento numa dessas viagens. Enrijeceu o corpo, mostrou-se agressivo, como se o tivessem chamado de velho incapaz encarquilhado. Ele que, aos passados 70, ainda esperava encontrar a mulher de sua vida. A gentileza civil estragou-lhe o dia.


Eu mesma fico na dúvida quando vejo mulheres barrigudas em pé. Procuro me certificar se estão mesmo grávidas e, às vezes, é impossível distinguir entre esse estado sublime e o resultado de finais de semana repletos de churrasco e cerveja. Se oferecer-lhe o lugar, poderá ofender-se?!


E quanto a ver jovens, tranquilamente sentados, indiferentes aos passageiros especiais, geralmente fico indignada. Quando nos assentos reservados, sempre há alguém que dá um toque, quando não se tocam.


Também percebo, em alguns casos, os mais novos em estado bem pior que muitos idosos. Alguns possivelmente trabalham feito estivadores, dobram jornadas para poder estudar. Não conseguem, mesmo, manter os olhos abertos. Em contrapartida, vejo idosos em boa forma, indo ou voltando de suas atividades físicas programadas.


Pensei como um simples passeio urbano pode proporcionar ensinamentos, estimulando pessoas a  exercitar a compaixão, prestar atenção e até tentar adivinhar pensamentos e sentimentos, bem como a cuidar da própria aparência.


Para mim, com frequência, é divertido. Especialmente quando não me oferecem o lugar.


sábado, 17 de novembro de 2012

O OCULTO


Granada bruta

Tinha uma pedra no meu Filtro (Jogo de Pedras) que chamei de OCULTO.

Quem me presenteou disse tratar-se de uma granada, mas que o precioso estava dentro. Permaneci com ela. Curiosa, porém respeitosa.

Sempre que a pegava nas mãos, surgiam questões: 1a.) Estarei sendo desrespeitosa se vasculhar o que há em seu interior? 2a.) Estarei sendo gananciosa?

Na minha consciência, a segunda respondi de pronto: — Não. A primeira, respondi depois de algum tempo: — Acho que não; seu valor será enfim revelado.

Com a ajuda de um martelo, desfechei um único golpe que a partiu em mil pedaços.

Não, não havia algo vermelho e transparente dentro. Pelo menos não visível. Confesso que observei com cuidado. Dessa cor ficou a minha face - sentia pelo calor que subia.

Após alguns dias, a mesma pessoa (não era Juan) me trouxe outra pedra. Não parecia lembrar-se de que já havia me dado uma idêntica. Contei-lhe o que havia feito e ela expressou apenas um ar enigmático, de onde surgiram duas hipóteses: ou tinha muitas dessas, ou me conhecia profundamente.

Todo o questionamento parecia agora sem importância. Humildemente, agradeci o ensinamento.

Hoje, tenho uma pedra intacta. Meio sem graça por fora, com sua preciosidade por dentro, oculta.

Quem poderia desvendar seus mistérios?


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Planeta errante vaga pelo espaço sem estrela

O planeta errante não orbita em torno de uma estrela e, por isso, não tem luz para refletir; o fraco brilho que ele emite pode ser detectado apenas no infravermelho. O objeto parece azulado nesta imagem infravermelha porque grande parte da radiação nos maiores comprimentos de onda infravermelhos é absorvida por metano e outras moléculas existentes na atmosfera do planeta. No visível, o objeto é tão frio que apenas brilharia muito pouco com uma cor vermelha escura, quando visto de perto.[Imagem: ESO/L. Calçada/P. Delorme/Nick Risinger/R. Saito/VVV Consortium]

A busca por respostas, muitas vezes, me parece solitária.

Sinto-me errante, identifico-me com órfãos, sem sê-lo. Sou e não sou, me divido, me multiplico. O leque se fecha, o leque se abre. Focalizo, desfocalizo...


Outras vezes, como hoje, ao abrir a mensagem do Site informativo, sinto que meus pensamentos ecoam pelo espaço, ou que o espaço se aproxima de mim, trazendo os pensamentos. Talvez ocorram as duas coisas e mais algumas. Ou simplesmente seja apenas impressão minha.


Veja aqui: Este é o melhor candidato a planeta errante e o mais próximo do Sistema Solar, a uma distância de cerca de 100 anos-luz.


SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Planeta errante vaga pelo espaço sem estrela. 14/11/2012. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=planeta-errante-vaga-pelo-espaco-sem-estrela. Capturado em 16/11/2012.







quinta-feira, 15 de novembro de 2012

OS VÁCUOS - PARTE I



As 12 cores, seus repectivos números e sua localização nos vácuos 
Nesta primeira parte, passo os princípios básicos, tais como localização e significado de cada vácuo, dados que irão contribuir para a interpretação do Mapa Cosmológico.

No Mapa Cosmológico, as doze energias são representadas nos vácuos por cores e a cada uma é atribuido um número,ficando as mesmas posicionadas na ordem do relógio convencional, que marca as horas, conforme desenho acima.


Para interpretar os significados dos vácuos, que representam o registro armazenado existente anteriormente à massificação das energias neste plano,  numera-se respeitando a ordem como se situam as energias, primeiro as do Driver I, depois Driver II, III e IV (observe que não coincide com o número correspondente à cor): 





 - Vácuo Vermelho -  é o palco do ato que iniciou a gestação; guarda o motivo principal pelo qual tomou a forma física e pelo qual se dispõe a agir e lutar para sobreviver. Este vácuo é a base pré-natal de sua auto-afirmação. Aí estão armazenadas as informações de ações anteriores, vibrações das circunstâncias em que foi concebido.

 - Vácuo Azul - representa a mãe e o ventre materno, a vacuidade onde tudo está contido, o conhecimento de todas as eras, aquilo que busca saber durante a sua existência.


- Vácuo Marrom - representa o pai, o limite físico, a estrutura da qual é formado. Seu senso de responsabilidade e sua realização vocacional são determinados pelas bases e expectativas geradas neste vácuo.


4º - Vácuo Amarelo - nesta fase da gestação, começa a distinguir-se o cérebro, que capta as mensagens da mente abstrata  manifestadas em pensamentos, idéias. Encontra-se aqui o princípio básico da compreensão do ser.

- Vácuo Prata - armazenam-se neste vácuo as estratégias de comunicação, concentração, reflexão, criatividade, bem como a possibilidade de romper barreiras para a auto-expressão.


6º - Vácuo Dourado - é o responsável pelo desenvolvimento da mente intuitiva, através da qual ocorre o reconhecimento de si mesmo. Está aqui a base da auto-imagem, inicialmente formada pelas percepções alheias que passam a ser pessoais e expectativas colecionadas através das vivências.


- Vácuo Violeta - este vácuo marca a entrada das energias que irão revelar os sentimentos mais profundos, porta para o desenvolvimento da consciência. Contém lembranças de experiências relativas a sofrimento, alegrias, que determinam as reações emotivas.


- Vácuo Preto - contém as informações sobre o princípio básico da sobrevivência, a busca dos bens materiais, a organização, a forma de enfrentar a arte de viver. Encontram-se aqui os desejos, as necessidades físicas.


- Vácuo Branco - este é o arquivo do arquivo, onde encontram-se registrados os conceitos de ordem, limpeza, pureza, família, devoção, bem como as travas que impedem o encontro com a verdadeira natureza de sua existência.

10º - Vácuo Rosa -  marca a entrada das energias que guiam a unidade e determinam seus objetivos maiores, aos quais é instintivamente dirigida pela busca ao prazer e à felicidade.


11º - Vácuo Verde - encontra-se aqui o princípio básico da nutrição física, mental e espiritual que o ser inconscientemente busca. Ilusões, fantasias, também estão aqui registradas, levando à busca da expansão máxima dos recursos. 


12º - Vácuo Celeste - aqui retorna-se ao princípio da vacuidade sob a forma egóica. Este vácuo representa o campo obscuro e infinito do inconsciente, onde se encontra o poder criativo e criador do ser.


Foi Carl Gustav Jung quem batizou de Inconsciente Coletivo o arcabouço das memórias da humanidade, entretanto, este conhecimento provem de fontes de antigos povos do Oriente, onde é natural perceber sua influência na vida dos humanos.