sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Hologramas hápticos permitem que você sinta o invisível

Apesar de a imagem divulgada pela equipe mostrar uma esfera visível sendo tocada em pleno ar, a técnica não gera a imagem propriamente dita, ou seja, não se produz um holograma real em pleno ar.[Imagem: Bristol Interaction and Graphics Group/University of Bristol]

Leia matéria completa: Os objetos podem ser movimentados à vontade em reação à movimentação das mãos de quem os toca.

SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Hologramas hápticos permitem que você sinta o invisível. 04/12/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=hologramas-hapticos. Capturado em 05/12/2014. 

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Teoria do multiverso ganha firmeza

teoria dos multiversos foi antecipada por um teólogo da Idade Média.
 [Imagem: Tom C. B. McLeish et al.]
Inflação cósmica balança, multiverso ganha firmeza: Em uma reviravolta surpreendente, físicos agora dizem que o que foi interpretado como reforço da inflação, na verdade depõe contra ela.

O mapa do céu gerado pelo Planck mostra regiões mais empoeiradas (vermelho) e menos empoeiradas (azul). A região observada pelo BICEP2 (retângulo preto) não está entre as menos empoeiradas, o que deve explicar uma porção substancial dos resultados interpretados como ondas gravitacionais (polarizações de modos B).[Imagem: Planck Team]
Leia Matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Inflação cósmica balança, multiverso ganha firmeza. 29/09/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=inflacao-cosmica-balanca-multiverso-ganha-firmeza. Capturado em 02/10/2014. 


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

O HÁBITO QUE ME HABITA


Encaro, agora, frente a frente, o poder do hábito.

O corpo tem memórias que persistem, a despeito de estratégias e técnicas racionais.

Quantas vidas são necessárias para instalar um hábito e quantas outras para remove-lo?

A cada ordem de respirar, sinto o bloqueio. Combato-o, gentilmente.







segunda-feira, 11 de agosto de 2014

TOCA E LUA

Foto de Erich Sattelmayer

Um silêncio
De dentro para fora,
Encontra-se com o silêncio da toca do bruxo.

Olho com olhos de sentir
As mil facetas da pedra,
As mil facetas da casa...
Lembro-me de sóis nascendo e morrendo

Lembro-me de noites de lua
Daquela noite de lua...
Magia...
Demasiada magia
Para um povo mágico
Que se esqueceu.




sexta-feira, 18 de julho de 2014

LUZ E BRUMAS

Frozen Fog - wikipedia

Muita gente diz que faria tudo igual se tivesse outra oportunidade. 
Com orgulho, querendo dizer que tudo valeu a pena.
Também acho que tudo valeu a pena. 
Mas muita coisa não faria igual, senão, de que teria valido tudo?


terça-feira, 1 de julho de 2014

TAROBA


Foto de Marques Leite

Ela acabara de chegar à Montanha e, quase sem fôlego, observava o imenso vale.

De repente, um garoto gritou, entusiasmado: — Um sanhaçu!

Sem saber o que procurava, a novata traçou, com o corpo todo acompanhando os olhos, um círculo de 360 graus à sua volta...

— Um passarinho, logo ali! — insistiu o menino.

Ela nada viu. Intimamente, fez a si mesma a pergunta que a acompanhou por bastante tempo: como conseguiu distinguir algo tão pequeno nesta profusão impiedosa de imagens?!

Decerto, ajudavam-no os grandes olhos, que se destacavam de seu rosto negro sob o boné. Taroba, o chamavam. Por alguma razão, juntara-se às outras crianças que chegavam, uma a uma, por afinidade ou capricho do destino.

Outra qualidade, percebida ao longo da convivência: ele dispunha da visão periférica desenvolvida por esses nativos acostumados a contemplar a natureza exuberante do alto das pedras.

Talvez por isso tivesse que fazer um esforço extra para encontrar o mundo numa folha de papel, repleta de pequenas letras. Convence-lo a fazer essa viagem era desafio para mergulhar nos assuntos e buscar métodos inusitados de ensino.

Inúmeras vezes, ela sentiu aqueles olhos espreitando-a à distância e, auxiliada pela própria imaginação, o viu movendo a aba do boné, um tanto desconcertado. Como naquela vez, no retiro coordenado por Mestre Juan. A ordem era para que ninguém se dirigisse a ela, com palavras ou qualquer tipo de contato.

Ela vislumbrava algo de enigmático por trás do jeito amável e brejeiro de costume daquele garoto. Da mesma forma, ele parecia estranhar os modos diferentes daquela representante do "povo de fora".

Com o passar dos dias, compartilhando refeições, estudos, trabalhos, caminhadas, conversas ao redor do fogo, pouco se diferenciavam de uma verdadeira família. Ela, instrumento do Tudo para introduzi-lo no mundo progressivo. Ele, instrumento do Tudo para fazê-la retornar à essência.

Taroba, em 2014, ajudando a recuperar
a Montanha da ACVC do terrível incêndio.


Sanhaçu Cinzento - foto de Valdeci de Andrade

Amadas crianças de pedra
Ensinem-me a ser pedra
Ajudem-me a transformar-me em pedra!
"Se eu pudesse escolher, 
seria uma estrela que pisca"
Apenas mais uma forma de dizer.

(a frase entre aspas é da Mirian Rosa, numa noite estrelada na Montanha)

domingo, 29 de junho de 2014

TIRANOS E GUERREIROS


Passados muitos anos desde a grande revolução, ela retornava, anônima, ao seu lugar de origem. A justificativa, plausível ao seu coração, era necessária para acionar os passos no sentido contrário ao que tomara: não desejava mais um pai tirano! Aquele deus do Velho Testamento se mostrava fora do contexto de sua vida como a queria agora. Precisava de paz!

Também perdera sentido o título "guerreiro" ao qual o mestre tentava fazer com que todos almejassem. Não encontrava referências genuínas em sua realidade atual, de heróis produzidos, de soldadinhos de chumbo.

Em sua cegueira parcial, representara vários papéis, ora como o soldado a defender ideais, ora como a bailarina do sonho de amor. Às vezes sentava-se, pensativa, a buscar significados para tanta luta, ou para os exercícios de suportar a dor com graça e elegância.

Parecia que ela nada entendera, realmente! Ou talvez tivesse tomado um atalho errado!

...

Algumas vidas mais foram necessárias para esvaziar-se.
...

Acontece de repente. Uma frase, uma palavra e surge um clarão.

Os tiranos, pequenos ou grandes, são os portadores da luz para quem carrega a vaidade, o orgulho, a prepotência, a mania de julgar! É esta a grande guerra! O combate é contra o que não é a essência. O guerreiro da luz aproveita o encontro, a oportunidade, o desafio para eliminar esses fatores em si que o tornam vulnerável.

O tempo todo, estava à sua frente, pelo menos em título: "Os pequenos ciganos da Montanha". Apenas um jogo de palavras para descrever o que eram uns para os outros: pequenos tiranos.



terça-feira, 10 de junho de 2014

Via Láctea tem pelo menos 100 milhões de planetas habitáveis

"Parece altamente improvável que estejamos sozinhos," dizem os pesquisadores.
[Imagem: PHL@UPR Arecibo/NASA/Richard Wheeler]
Exoplanetas habitáveis
Os astrônomos já haviam calculado que devem existir 17 bilhões de exoplanetas similares à Terra na Via Láctea.
Agora, eles estimaram que nossa galáxia deve abrigar pelo menos 100 milhões de exoplanetas habitáveis, capazes de sustentar "vida complexa".
O cálculo que eles fizeram é diferente daquele que se faz por meio da equação de Drake, que busca estimar a existência de vida inteligente.
Não estamos sós - só estamos longe dos outros!
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Via Láctea tem 100 milhões de planetas habitáveis. 10/06/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=via-lactea-tem-100-milhoes-planetas-habitaveis. Capturado em 10/06/2014. 

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Simulação realística do Universo recria evolução cósmica

Esta imagem está centrada no maior aglomerado de galáxias que se conhece hoje, mostrando os filamentos de matéria escura (azul e roxo). As bolhas em vermelho, laranja e branco mostram gás sendo ejetado de supernovas ou jatos emitidos por buracos negros. [Imagem: Illustris Collaboration]

Astrônomos recriaram em computador uma parcela do nosso universo, do Big Bang até hoje.

Leia matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Simulação realística do Universo recria evolução cósmica. 08/05/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=simulacao-realistica-universo. Capturado em 09/05/2014. 


domingo, 6 de abril de 2014

NASCI SABENDO - O Grau 9 e seus desdobramentos

fantasyofbunny.wordpress.com
Na Cosmologia Energética, o grau 9 e o grau 0 (veja sobre o grau 0 no post PIPA SEM LINHA) estão classificados juntos na Cozinha Cósmica, onde ficam as energias livres de compromisso, mas existem diferenças.

Para formar um humano, juntam-se doze energias, cada qual carregando a sua história, representada pelos graus e posicionamento. Dentro de uma configuração única (detectável através do Mapa Cosmológico), manifestam-se de acordo com as relações que fazem entre si e com os vácuos do cérebro.

Em grau 9, a energia chega com direito ao estado de repouso após cumprir todo um ciclo que iniciou no 0. Acaba de concluir a etapa de aprendizado de fogo, que inclui os aspectos práticos necessários à sobrevivência neste planeta.

No grau 18 (1+8=9) também se encontra na razão 9, porém, já concluiu o aprendizado de fogo em 9 e agora, em 18, o de terra, agregando experiências com as relações sociais.

No grau 27 (2+7=9), a razão 9 traz na bagagem o que aprendeu a respeito da sobrevivência (fogo), das relações com as pessoas e o espaço que ocupa (terra) e ainda do campo das emoções, dos sentimentos, tendo concluído o aprendizado de água.

Em qualquer dos estágios, a energia em razão 9 vem com certo ar de Sabe-Tudo, pois a memória mais recente é de ter atingido a maestria em 8, em 17 ou em 26, respectivamente. E este, justamente, é um de seus pontos vulneráveis, pois não suporta que alguém se posicione frente a ela como sabichão.

Embora não tenham obrigatoriedade, é possível observar muitos de razão encarnatória 9 envolvidos em projetos e afazeres, pois sabem mais do que a maioria e lhes é difícil delegar. Se insistem, chegam a atingir o sucesso, todavia, sofrem com um sentimento de insatisfação, de incompletude, que permanece.

Atingir um estado contemplativo, conforme exige este momento cósmico é o grande desafio. É preciso, agora, desapegar-se de velhos conceitos adquiridos, das próprias exigências, reconhecer a capacidade daqueles que são diferentes de si, confiar na perfeição do Tudo.

A energia prepara-se, desta forma, para as novas aventuras do grau 1, seja no 1, no 10, no 19, ou no 28 para onde seguirá sorvendo, assumindo as cores do universo.

Nada fazer, tanto quanto o fazer, é preciso aprender.

Pausa - para poder começar do começo... quem se habilita?


domingo, 23 de março de 2014

MEU ALTAR

[Imagem: ESA/HFI/LFI]

Os apoios de muitas vidas formam um conjunto diversificado.

Perplexidade é o primeiro sentimento a me invadir ao observar os elementos de minha devoção. Comparo-os entre si, encontro a linha mestra comum, independente do tempo e do espaço.

Apoiada nos velhos e novos estudos, avanço entre vácuos, retas, curvas, reentrâncias do meu universo interior. Descubro particularidades, semelhanças, mecanismos para mover, produzir sons...

Esquema parcial de emissão de voz

Reconheço o engenho do Criador nos equipamentos que trago. Se não atinjo sua expressão máxima, é devido à minha própria ignorância.

Cérebro, essencial no caminho do despertar. Coração também, pois, sem amor, sem compaixão, a razão pode ser destrutiva, tanto quanto o emocionalismo sem razão.

O corpo mental é o carro chefe da consciência, porém, são as experiências com os sentimentos é que irão dar o volume do canto dos anjos, da forma como se consegue com o apoio e a força do diafragma enviando o ar ao palato.

Assim, vou construindo o meu Altar. Misturo terras e céus, buscando o meu tom.



Teólogo medieval antecipou teoria cosmológica atual

A coincidência entre a cosmologia atual e o modelo proposto por Robert Grosseteste em 1225
é impressionante - e leva aos mesmos gargalos. [Imagem: Tom C. B. McLeish et al.]
A ciência moderna surgiu nos ombros dos pioneiros medievais, uma herança que não pode ser esquecida sob pena de negligenciar a coragem e o heroísmo desses pioneiros.
Leia matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Teólogo medieval antecipou teoria cosmológica atual. 21/03/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=teologo-medieval-antecipou-teoria-cosmologica-atual. Capturado em 23/03/2014. 

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Nova teoria cosmológica descarta Big Bang

Por mais incômodo que possa ser, os físicos nunca conseguiram se livrar de fato de um "momento da criação".[Imagem: Cortesia www.grandunificationtheory.com]
No novo modelo cosmológico, o Universo não teria apenas 13,8 bilhões de anos - sua idade se estenderia ao infinito no passado.
Leia matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Nova teoria cosmológica descarta Big Bang. 28/02/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=nova-teoria-cosmologica-descarta-big-bang. Capturado em 28/02/2014. 


domingo, 23 de fevereiro de 2014

SERES PRATEADOS

Foto de Edivaldo Fernando dos Anjos
— Profunda gratidão e reverência aos meus mestres Prata —

Eles estão sempre em movimento, ultrapassando as fronteiras do tempo e do espaço.

O que se consegue capturar deles são reflexos apenas, como imagens do click instantâneo de uma câmera, onde é possível deter-se para contemplar e aprender em ritmo próprio. Como um escudo espelhado, recebem as influências do meio, transformam-se nelas e as refletem, mantendo intacta a verdadeira imagem interior, rápida e mutável. 

Correspondem ao número 4 no relógio terrestre, onde é necessária uma estratégia para transformar o tempo e superar a realidade criada entre o que deve ser (Preto, o futuro - número 1), o que foi (Branco, o passado - número 2) e como é (Amarelo, o presente - número 3). Representa a quarta dimensão, o atemporal, superando as condições limitadas dos vácuos anteriores.

No Mapa Cosmológico, onde as energias são ilustradas no cérebro, o vácuo Prata é responsável pela comunicação verbal do homem, onde se abre a possibilidade de romper barreiras. Encontra-se aí a capacidade de reflexão e concentração. Cada pessoa, de diferentes signos, tem uma configuração peculiar, mas a energia que ocupa este vácuo é sempre a ativa da percepção, que traz informações sobre estratégias que tem e usa para se expressar.

Os Pratas são desbravadores por natureza e perseguem seus objetivos com grande determinação quando estão certos de seu plano de vôo. Como o elemento água, sua força está na união. A versatilidade permite que vivam em diversas realidades simultaneamente, passem de uma cena a outra, buscando novas possibilidades de compreensão de uma mesma situação.

Por necessitarem leveza para caminhar, são desprendidos, variam gostos com facilidade. São sensíveis, apaixonados, cordiais e cativantes, porém, seu humor pode ter variações súbitas. O fluxo de pensamento é descontínuo, de conteúdo imaginativo e intuitivo.

A condição nata de guerreiros lhes confere a responsabilidade de serem o elo entre a matéria e o espírito, o fio prata que guarda essa ligação. Assim, estão em constante busca de evolução, sempre tentando melhorar seu entorno, ocupando-se de forma a se sentirem úteis.

Ser Prata

É prata o fio da navalha.
Eu, que não o sou,
Devo experimenta-la
   em meu corpo cheio de mortes!
Aparar a pele
Requer perícia, exatidão, perfeição
Basta um descuido,
Um giro em falso
Para soar o alarme vermelho...

É prata a água.
Eu, que não o sou,
Devo tragá-la
Deixá-la tragar-me!
Os obstáculos são apenas
Algo mais a ser envolvido,
Dissolvido...
Entrar em comunhão com a água
É deixar-me preencher 
Por sua fluidez
Até fluir com seu movimento
Quando virá o pássaro beber de mim?

É prata o tempo.
Eu, que não o sou,
Devo aprender a manejá-lo
Até que se transforme
Em eternidade.
Ser prata é ser eterno
O fio da navalha não o é.




domingo, 16 de fevereiro de 2014

PIPA SEM LINHA - O Grau Zero


Em montanhas de Minas, crianças brincam com saquinhos plásticos. Poder ou não comprar uma pipa parece ser indiferente. Algumas amarram um barbante numa das pontas, para um vôo curto, mas preferem solta-los ao sabor do vento...

Os meninos riem, pulam, gritam, observando o brinquedo improvisado girar como louco, esbarrar nos pés dos passantes, nas árvores, se perder da vista. Nessa diversão genuína, iluminam todo o vale com sua alegria.

No mundo dos adultos, "pipa sem linha" não é assim, tão divertido e luminoso. Trata-se de uma expressão popular, usada para criticar alguém que diz ou faz algo aparentemente sem base ou consequência, fadado ao insucesso.

Energias em grau Zero são como essas pipas.

Poucos conseguem encontrar sua razão de ser, já que não têm uma razão facilmente explicável num mundo construído para funcionar como uma máquina de produzir resultados concretos, palpáveis. Os que se preocupam, ou os responsáveis pelos empreendimentos, tentam, em vão, encontrar uma linha que as ate ao modo de vida que consideram válido.

As energias em grau Zero estão em seu estado puro, na Cozinha Cósmica, como define a Cosmologia Energética. Podem estar em algum ponto do cosmos, numa planta, num animal, num mineral, num corpo humano, sem pendências, ou obrigações.

Como encontrar um motivo para estar, sem pendências ou obrigações? É este o desafio.

Talvez, a tirar pelos ensinamentos das crianças, existam para ilustrar mais um ponto misterioso do Tudo. Uma pausa para a razão, uma pausa para a ação. Um momento para simplesmente estar, simplesmente ser.





quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A MORTE DO XAMÃ


Impassível,
Pacientemente,
A aranha tece sua teia prateada.
A mosca, que penetra no mosaico, é o alimento...
A aranha se farta,
A mosca e a aranha cumprem os seus desígnios.

A outra mágica teia, que une
a aranha,
a teia, 
a mosca,
Une-nos a essa dança.
Apoiados na teia,
nos fartamos,
servimos de alimento
E assim cumprimos os nossos desígnios...

Ela não compreendia bem a importância dos ritos. Ninguém lhe explicara. Talvez porque tenha perguntado a quem tampouco sabia, ou não tinha tempo.

A cerimônia se alongava ao infinito. A imagem que gravou foi do monge indo e voltando a um ponto do altar, ora colocando, ora tirando seu chinelo de seda, sempre dispondo-o simétrica e cuidadosamente. Desde então, quase sempre, ao colocar e tirar seu próprio calçado, ela se lembra e, reverente, o imita.

Talvez para cada um, naquele templo, houvesse um significado diferente agregado à finalidade primordial, de marcar os 49 dias da morte de seu pai. A heterogeneidade interna desse grupo familiar contradiz, silenciosamente, as aparências.

Não era estranho para ela velar pensamentos, sentimentos. Assim deveria ser. Como um pacto, ou valendo-se dele para manter uma suposta harmonia. Já percebera a máscara a despeito da qual, em sua trajetória, vomitara rebeldia com violência.

Tenta desvencilhar-se. Da máscara e da rebeldia que passara a integra-la.



terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A árvore, o respeito e os reflexos na fumaça


karlasantospaisagismo.blogspot.com

Seu ciclo cármico, no cálculo original de seu mapa cosmológico é 9, aquele número que é quase 0. Ao saber, ela se revoltou, pois identificou aí sua longa espera, seu comportamento de quase árvore.

Ao vislumbrar as possibilidades de mudança, agarrou-as, intuindo um caminho de se caminhar completo. Trocou de energias, de cidade, de vida. Pensou haver arrancado as raízes no salto mas descobriu, anos depois, que sua imagem de árvore persistia num formato peculiar que a mantinha ligada às suas origens.

Agora, precisa investigar, trazer à tona registros que se insinuam, como sombras, paralisando seus movimentos.

De sua infância, contam um fato inusitado: um fio de cabelo na banheira a aterrorizava ao ponto de fazer soar gritos de pavor por toda a casa.

Tentando compreender o motivo, ela associa ao purgatório budista, como
Arte Digital de Japan Meonly
descrevem, onde se deve engolir grandes cabeleiras. Os fantasmas arrepiantes, desenhados nos livros japoneses, portando longos cabelos desgrenhados, também é uma explicação plausível.

Numa família de corajosos lutadores, a presença do medo deve ser muito bem camuflada.
Artifícios, amiúde, são necessários para manter uma imagem íntegra, impecável, de poder e domínio.

Relatos assustados sobre visões de rostos estranhos no escuro, ou de conhecidos mortos, não são estimulados, intensificando, assim, o mistério. Quanto à veracidade, ou credibilidade, impossível saber.

O que se tenta esconder, abafar, negar, porém, sai pelas frestas. Os reflexos que se formam constroem ao redor um mundo de contradições, representado em sua coleção de itens sem significado reunidos ao longo da vida, deixando-a suspensa a meio caminho.

Como de costume, ela revira seus guardados. Chacoalha cada palavra, impregnada de poeira velha. Procura o som primordial.

De respeito, desprega-se submissão, deixando exposta a cena de uma criança brincando no barro, livre, dando forma à sua imaginação. O campo se abre e ela vê suas amigas árvores, o verde se espalha, as cores se multiplicam, surgem bichos nas mais diversas formas...

Por que teria medo de ser diferente? De aceitar o que é estranho?




Água em poeira cósmica sugere que vida é universal

Grandes filamentos de poeira espacial são também o berço de estrelas.[Imagem: NASA]

Jogar um punhado de poeira de estrelas sobre um planeta pode ter um efeito tão mágico quanto parece.
Leia matéria completa.
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Água em poeira cósmica sugere que vida é universal. 04/02/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=agua-poeira-cosmica-vida-universal. Capturado em 04/02/2014. 

domingo, 26 de janeiro de 2014

A VOZ INTERIOR

Emerging, de Thomas Dodd

Na retrospectiva, ela pode reconhecer a sua história em muitos dos personagens que, ora irritada, ora perplexa, observa ao seu redor, girando presos feito elos de uma imensa e pesada corrente. Como se adivinhasse, ouve as vozes que os impelem. São familiares, pois soaram dentro dela por tanto tempo!

Faz um esforço para ver beleza nessas tentativas de galgar as escadas do poder, do sucesso material. Parece que as vozes são respostas às perguntas, aos anseios de cada um. Está tudo certo! Como seres humanos, temos muitos níveis a satisfazer, constata.


Ela já fora de obedecer apenas aos seus instintos. De agir de acordo com eles. Egoísmo, soberba, raiva, indiferença, gula, apego... sua mente afiada costuma superar num passe de mágica, aprontando-se, rapidamente, para o próximo salto. 


Agora, porém, algo a faz perceber quando aquilo sobre o que parecia ter saído vitoriosa surge, inesperadamente, de algum canto desconhecido. 


Reconhece, atônita, a voz que não fala, não julga, apenas revela.




sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Astrônomos fotografam teia cósmica que sustenta Universo

Embora os autores do estudo acreditem que esta é a primeira imagem da teia cósmica, suas observações mostram a estrutura apenas à frente do quasar, não havendo, por enquanto, meios para demonstrar que ela se estende por todo o espaço. [Imagem: A. Klypin/J. Primack/S. Cantalupo]

Astrônomos acreditam ter capturado a primeira imagem da estruturas filamentosa de grande escala que preenche o espaço.
Leia a matéria completa
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Astrônomos fotografam teia cósmica que sustenta Universo. 22/01/2014. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=teia-cosmica. Capturado em 24/01/2014.