sábado, 29 de dezembro de 2012

OS VÁCUOS - PARTE II

Sistema Energético

Os vácuos formam uma parede para o cérebro, trazem informações de outras vivências que servem como base de segurança para a unidade, embora não sejam utilizadas no cotidiano.

Mestre Juan ensinou que apenas podem ter algum acesso ao arquivo:
  • as energias com filtros dissolventes, conforme seu posicionamento com relação ao vácuo, ou seja, as energias cujas flechas internas (como são representadas no Mapa Cosmológico) estejam direcionadas a um dos dissolventes, que são: Vermelho, Violeta, Amarelo e Rosa;
  • aquelas que coincidem com o vácuo, por exemplo, vermelho no vácuo vermelho.

De qualquer forma, verificar a relação de cada energia com o vácuo no Mapa permite saber a cena onde esta interage e de que forma, reunindo assim mais elementos para o autoconhecimento. 

As energias acondicionam-se ao redor do planeta em camadas separadas por primos: os egóicos, os de fé e os anárquicos. Na Terra, a massificação somente se torna possível entre irmãos, energias do mesmo elemento.

Relembrando,
as 12 energias

Na linha horizontal do quadro acima – irmãos:
  • Do elemento Ar – Rosa (Aquário), Branco (Gêmeos) e  Azul (Libra);
  • Do elemento Água – Celeste (Cancer), Violeta (Escorpião) e Prata (Peixes);
  • Do elemento Terra – Marrom (Capricórnio), Verde (Touro) e Amarelo (Virgem);
  • Do elemento Fogo – Dourado (Áries), Vermelho (Sagitário) e Preto (Leão).
Na linha vertical - primos:
  • Primos Egóicos – Rosa (Aquário), Celeste (Cancer), Marrom (Capricórnio) e Dourado (Áries) – energias que realizam, obrigam o corpo físico a acionar.
  • Primos de Fé – Branco (Gêmeos), Violeta (Escorpião), Verde (Touro) e Vermelho (Sagitário) – confirmam a existência pela fé, pelo que acreditam. São os críticos.
  • Primos Anárquicos – Azul (Libra), Prata (Peixes), Amarelo (Virgem) e Preto (Leão) – energias que revolucionam e comandam.

Entre irmãos, as relações são pelo dever. Eles se comprometem com as ações da Terra, sabem que vão formar uma família. Têm claro o que devem fazer, mas não sabem para quê. Sua relação com os primos é de desconfiança.


As relações entre primos são mais prazerosas e diretas. Existe uma cumplicidade por saberem do compromisso cósmico, para quê são as coisas. Sempre tentam atingir algo para si.

Cada energia encontra-se próxima a um vácuo no sentido horário e outro no anti-horário. No primeiro, o movimento é mais natural, facilita as lembranças; no segundo, é mais lento, retrospectivo.

É importante observar a natureza desse contato: 
  •  A energia em questão é prima ou irmã da cor do vácuo? Se for prima, os objetivos gerais coincidem e colaboram. Se for irmã, está condicionada a determinadas situações, mas tem chances de chegar a bom termo.
  • A energia não é nem prima, nem irmã da cor do vácuo? Terá que encontrar o caminho de menor resistência, dependendo de seu objetivo e das relações com as outras energias (veremos isso mais adiante).

Veja também VÁCUOS - PARTE I, neste site.