quinta-feira, 28 de julho de 2011

JOGO DE PEDRAS - COMO MONTAR O SEU


Para que serve um Jogo de Pedras? Para o xamã e para aqueles que experimentaram, é um instrumento essencial de autoconhecimento, base de qualquer cura efetiva. É você consigo mesmo, trabalhando com os valores que povoam o seu cérebro. 

Também chamado filtro, aceitando que a consciência atravessa nossos valores mentais e emocionais para chegar ao nosso corpo físico. Atualmente, numa estampa mais científica, recebe o nome de neuroeixo.

PASSO 1. LOCALIZAR
Trabalhar com o filtro requer, primeiramente, saber onde está, localizar-se nos pontos cardeais: Norte, Sul, Leste ou Oeste e sob que condições cósmicas.

Se não tiver uma bússola, observe onde nasce o sol. Abra os braços e direcione a mão direita para esse ponto, que é o Leste. À  esquerda, localize o Oeste. À sua frente, estará o Norte e, às suas costas, o Sul.

O Norte é onde se presta contas do realizado.
O Leste é o lugar do visionário, onde se recebe ordens.
O Oeste é o lugar do sábio e da transição.
O Sul é a direção do curador e do que quer curar-se, onde se realizam os trabalhos.

Para saber as condições cósmicas, tenha em mãos a tabela das horas, que mostra qual cor está regendo determinada hora, e a dos aspectos planetários, que  baseia-se nas posições dos planetas e luminares com relação à Terra, ora fazendo aspectos positivos, ora negativos, ora neutros (Pode ser obtido com Flavia: flaviaplanetasdelamontanha@yahoo.com.br).


Tabela das Horas - clique na figura para ampliar


Relógio das Cores
PASSO 2. - JUNTAR 
Junte 64 pedras multiformes, a seu gosto. Não devem ser menores do que a unha do seu dedo mínimo, nem maiores que seu punho fechado. Isso considerando que deve ter um tamanho que comporte energia e também ser portátil.
As de menor peso são de água.
As mais pesadas são de fogo ou terra.
As porosas e os cristais são de ar.
De onde você pegou, de quem ganhou, enfim, a história da pedra é útil ter em mente para que vá agregando os valores a ela em passos mais adiante.

PASSO 3. - ENVOLVER
Consiga um tecido nas medidas 64x64 cm, na cor que traz em seu Ori, ou seja, do seu signo solar, ou então azul índigo. Esse pano envolverá as suas 64 pedras.

PASSO 4. - VALORIZAR
Fornecer a cada pedra um substantivo, um verbo e um adjetivo. Os valores podem ser mudados cada vez que abrir o filtro, mas é interessante anotar, salvo se tiver excelente memória. É importante memorizar a qual pedra cada valor está associado, pelo menos durante o trabalho.

PASSO 5. ALIMENTAR - Os passos 5 e 6 destinam-se a transformar o Jogo de Pedras num Filtro, num objeto mágico, portanto, podem ser dispensados se o objetivo for apenas realizar os jogos.
Para despertar os sentidos das pedras, precisará de:
 - azeite de oliva pelo elemento fogo, para dar à pedra a visão.
 - sal grosso pelo elemento terra, para dar à pedra o olfato.
 - água limpa pelo elemento água, para dar à pedra o paladar.
 - mel pelo elemento ar, para dar à pedra o tato.
 - azeite de dendê pela quinta essência, para dar à pedra a audição. De preferência, utilize-o aquecido.
Você vai utilizar um ingrediente de cada vez em todas as pedras. 
A ordem pode ser fogo, terra, água, ar e 5ª. essência, ou outra, dependendo da finalidade principal, ou do estado dos planetas e luminares.
Pegue cada pedra com a mão direita, mentalizando seu valor (substantivo, verbo e adjetivo), passe carinhosamente o ingrediente, conversando com ela e conscientizando-a do sentido que está despertando. Largue-a com a mão esquerda. Isso para não descarrega-la (para os xamãs a mão direita tira e a esquerda dá).

PASSO 6. CONJURAR
Junte as pedras às quais já agregou valores e alimentou em um recipiente ou em um local seguro.
Acenda uma vela com dois palitos de fósforo, coloque-a no meio do monte. 
Este é um ritual de confirmação, que pede a bênção do cosmos para o seu trabalho, para as suas intenções. Deixe que a vela queime até o final. Se ocorrer de apagar, concentre-se em tudo o que fez, repasse mentalmente e acenda novamente a mesma vela, sempre com dois palitos, pois forma um trio com a chama, número ímpar, que dá movimento.

Filtro fechado
PASSO 7. FECHAR E ABRIR
Seu filtro está pronto. Se quiser, pode deixar exposto ao sol, ou à luz da lua, ou à chuva (pela água), ao vento, porém sempre verificando antes se cosmicamente está positivo, a menos que queira agregar valores negativos às pedras, o que não parece ser conveniente.
Coloque as pedras no pano, pegue duas pontas opostas e dê um nó pelo fogo; tome as outras duas pontas e dê outro nó pela terra; novamente pegue duas pontas opostas e dê um nó pela água; outras duas pontas, outro nó pelo ar.
Se acaso for necessário abrir o filtro quando houver planetas ou luminares negativos, seguir a ordem inversa: ar, água, terra e fogo. É preferível, porém, não abrir nesses dias. A explicação fornecida por Mestre Juan: Fecha-se comumente na ordem fogo-terra-água-ar e, ao abrir os nós para utiliza-lo, segue-se a mesma ordem fogo-terra-água-ar, provocando uma relação entre elementos: o fogo chamado ao abrir com o ar chamado ao fechar, a terra chamada ao abrir com a água chamada ao fechar, enfim, combinando elementos que se harmonizam. Se a configuração cósmica não está favorável, abrindo na ordem inversa da que fechamos, o ar se encontrará com ar, a terra com a terra, e assim por diante, de forma neutra.


Veja neste link JOGO DE PEDRAS DO MARROM, dois jogos que pode fazer e também como utiliza-lo como oráculo O JOGO DE PEDRAS COMO ORÁCULO
e também  JOGO DE PEDRAS - TRECHO DE PALESTRA DO MESTRE JUAN

Novidade! 







Mais informações, contate:
flaviaplanetasdelamontanha@yahoo.com.br