quarta-feira, 31 de julho de 2013

EM BUSCA DO PLANETA AZUL


Nós, que nos identificamos com os ensinamentos da Cosmologia Energética, somos cientes de que o tema não se esgota facilmente. E este, justamente, é o grande desafio que nos mantém unidos e alertas, sempre abertos a novas informações e interpretações.

Ajustar esses conhecimentos, oriundos de povos de intuição e clarividência altamente desenvolvidas, com os crivos do plano racional é tarefa que exige, ao mesmo tempo, fidelidade aos dados repassados e aprimoramento da própria intuição para poder acessar seus mais profundos significados. É preciso aprender a ver o invisível, captar as sutilezas e a magnitude do movimento do universo.

Neste estudo, o Azul, representado também pelo signo de Libra, é o Elno. Para os índios, é um peregrino que, como uma placenta, vai se inflando, colhendo a negatividade dos corpos sobre os quais passa, causando intensa transformação. O símbolo utilizado, a lemniscata, também conhecido por infinito, ilustra o seu trajeto entre dois sistemas, um deles o nosso.

Para esses povos sábios, o Azul é Deus, o justiceiro que suga os erros, formando com eles um novo Preto, um conjunto de matéria morta a ser trabalhada em outro sistema.

Diferente dos demais planetas e luminares que norteiam os estudos da Cosmologia Energética, torna-se visível apenas à medida em que se aproxima. Assim, restou-nos apenas o registro da experiência intuitiva que tentamos transformar em números:
-  Os minutos Elno, ao nascimento e ocaso do sol, instantes em que se detém, dando lugar ao índigo;
-  Até 1960, na posição e grau oposto à lua de dia e oposto ao sol à noite;
- A partir de 1960, na posição e grau de Kíron, considerado um asteróide próximo ao misterioso caminhante.

Nosso mestre xamã, Juan Uviedo, dizia que aproximadamente em 2.250 a Terra sentirá os efeitos mais fortes desse astro. Veja mais em sua palestra transcrita: Intras, Extras e a Evolução dos Planetas. Cinturão de Fótons, Nibirus, Kachina Azul, diversas profecias e descobertas acabam misturando-se e ramificando-se em crenças e teorias, acompanhando as necessidades e temores dos indivíduos.

Figura gentilmente cedida por Susana Estrada, direto de Portugal

Dentro dos nossos grupos de estudos, surgem tabelas de movimentação do Azul, porém, refletindo o momento em que vivemos no planeta, de intenso surgimento de situações ambíguas, múltiplas e de quebra de paradigmas, ainda existem divergências e dúvidas.
Alguns tomam por base a tabela acima, outros seguem o posicionamento de Kíron até que, porventura, Elno se torne visível.

Nada a se estranhar, considerando o protagonista que sempre nos leva a perguntas sem respostas e a voltar olhos humildes ou inquiridores para o céu, abrindo-nos ao desconhecido.

Algumas descobertas científicas para ativar nossa imaginação:
Descoberto Planeta Azul próximo
Estranho Asteróide
Exoplaneta Azul


sábado, 20 de julho de 2013

MARESIA


Pode o que é sagrado deixar de sê-lo?

Levada pelo vento, ela oscila entre crenças e descrenças, seguindo o caminho tortuoso que provoca, de quando em quando, náuseas, males de mar.

Trocando fases, como uma lua, sente devoção pelo ar que respira, por cada manifestação de vida, crescendo e decrescendo.

Há momentos em que tudo é escuridão. Mergulha, tentando quitar o que a mantém viva.

Em outros, deixa-se invadir pela luz, que se expande através dos seus olhos fechados. De tão plena, sequer distingue as formas das coisas.

Ouve, ao longe tão perto, vozes além da fala:
"O Atman consiste do espírito, cuja encarnação é vida, cuja forma é luz, cuja essência é espaço, que muda sua forma à vontade, rápido como pensamento." Sukla Yajur Veda
"O açúcar é doce o tempo todo, mesmo no escuro. Assim, permanece a devoção para os devotos, em tempos de conforto ou desconforto, elogios ou insultos, escuridão ou iluminação." Pramukhswami Maharaj

Soam como música, células e cores dançam.

No corpo imóvel, lábios se estendem fazendo surgir maçãs.


terça-feira, 16 de julho de 2013

Astrônomos eliminam inconsistência na teoria do Big Bang

As conclusões do estudo baseiam-se na modelagem de uma pequena parte da superfície
de uma estrela antiga, pobre em metais - essa modelagem foi usada para derivar
a quantidade do isótopo 6 do lítio na estrela. [Imagem: Karin Lind/Davide De Martin]
Incoerências do Big Bang
Uma equipe internacional, incluindo astrônomos brasileiros, conseguiu derrubar a principal discrepância acerca dos primeiros minutos após o Big Bang - a grande explosão que se acredita ter originado o Universo.
As observações eliminaram uma incoerência entre teoria e dados observados, considerada um dos principais problemas cosmológicos da atualidade.
Leia Matéria completa: A teoria do Big Bang agora repousa sobre bases mais firmes, garantem eles.
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Astrônomos eliminam inconsistência na teoria do Big Bang. 15/07/2013. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=inconsistencia-teoria-big-bang. Capturado em 16/07/2013. 

Leia também outra abordagem: Cosmologista defende que Universo não está se expandindo



sexta-feira, 12 de julho de 2013

Relógio atômico a laser pode redefinir o tempo

Aparato necessário para sincronizar dois relógios atômicos ópticos de estrôncio
(Sr1 e Sr2). [Imagem: R. Le Targat et al./Nature Communications]

Durante séculos, o tempo foi medido pela rotação da Terra em torno do Sol.
Mas nosso planeta chacoalha levemente ao girar em torno de seu eixo, o que faz com que alguns dias sejam mais curtos ou mais longos do que outros.
É claro que é o movimento é muito sutil para ser percebido pelos humanos, mas é grande o suficiente para atrapalhar uma boa definição de tempo.
A partir da década de 1950, o advento dos relógios atômicos nos permitiu olhar de forma diferente para o que seja fundamentalmente um segundo.
Assim, em 1967, o Sistema Internacional de Unidades (SI) adotou como definição de um segundo a duração de 9.192.631.770 oscilações da radiação de micro-ondas absorvida ou emitida quando um átomo de césio salta entre dois estados particulares de energia.
Ou seja, o tique-taque fundamental é definido pela inversão no spin do elétron da camada mais externa de um átomo de césio em um tipo de relógio atômico conhecido como "chafariz", em que nuvens de milhões de átomos de césio jorram enquanto são golpeados constantemente pela radiação de micro-ondas.
Leia matéria completa.: Um relógio atômico óptico pode garantir que um segundo não se altere em 300 milhões de anos.
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Relógio atômico a laser pode redefinir o tempo. 10/07/2013. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=relogio-atomico-laser-redefinir-tempo. Capturado em 12/07/2013. 

Também imperdível: Relojoeiros do futuro precisarão do passado para conhecer seu presente





segunda-feira, 8 de julho de 2013

Navegar é preciso, viver não é preciso!


          Uma pequena homenagem para meus amigos de Portugal e outros que vivem à beira mar.

Para ela, a frase vem sempre através de uma voz de sotaque carregado, embalada por um instrumento que faz bater o vento nas velas.

A cada sonho, o sopro leva para um lado.

Na solidão e tédio da pequena aldeia, o mar à beira se impõe aos sentidos, despertando a necessidade visceral de mover o corpo ao objeto, à miragem delineada pelo desejo. Navegar é paixão que suplanta a vida. Ainda que alertem quanto ao precipício de um mundo quadrado, ela se lança, como Pompeu, gritando: navegar é preciso, viver não é preciso!

Na choupana que compõe o cenário de Fernando, enquanto aquece um pedaço de pão na pedra, ela observa os primeiros raios de sol rompendo a penumbra, invadindo, por instantes, a vida que desejava tornar grande, criando uma nova humanidade.

De repente, a luz revela: não, a vida não é precisa! O poema, montado com as rimas do costume, dividindo tudo em certo e errado, bom e  mau, soa, dissonante. Esses julgamentos não são precisos!

Esse viver não é preciso. Navegar é preciso!

Voltando ao real, ela salva o pão, quase a queimar-se. O horizonte se expande no pequeno cômodo, junto com sua alma.

Sente o aroma do café, o vento a fazer-lhe ondas sobre o corpo.

Respira e sorri, saboreando sua primeira refeição.




sexta-feira, 5 de julho de 2013

A Busca de uma Teoria do Tudo

Os cientistas não se conformam em não saber por que as coisas são como são.
Em resposta, eles anseiam por criar uma "teoria de tudo".[Imagem: ESO]

Quando se fala em solucionar os mistérios do Universo, normalmente se 

pensa em encontrar a melhor resposta para uma pergunta.
Mas, e se não estivermos fazendo as perguntas certas?
Um pioneiro na computação quântica, David Deutsch, da Universidade de 

Oxford, passou a maior parte de sua carreira trabalhando em busca de 

uma nova forma de fazer perguntas sobre o Universo.
Sua visão para essa tão perseguida "Teoria de Tudo", que pretende 

descrever a natureza da realidade, une ideias em cosmologia, filosofia, 

computação e evolução.
Tem sido sugerido que essa teoria tão esperada poderia solucionar vários 

mistérios fundamentais, como por que o tempo flui apenas em uma 

direção - uma propriedade que não é exigida pela maioria das leis físicas, 

já tendo sido demonstrado, por exemplo, que oseventos quânticos 

independem do espaço e do tempo.
Leia mais.
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Teoria do Construtor diz que Universo é um transformer. 05/07/2013. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=teoria-construtor. Capturado em 05/07/2013.