sexta-feira, 15 de agosto de 2014

O HÁBITO QUE ME HABITA


Encaro, agora, frente a frente, o poder do hábito.

O corpo tem memórias que persistem, a despeito de estratégias e técnicas racionais.

Quantas vidas são necessárias para instalar um hábito e quantas outras para remove-lo?

A cada ordem de respirar, sinto o bloqueio. Combato-o, gentilmente.