sexta-feira, 15 de junho de 2012

Experimento no espaço está revelando o interior da Terra


Compreender o que se passa debaixo do manto terrestre é de grande interesse para os geofísicos porque isso poderá ajudar a explicar os terremotos e os vulcões.

... a ESA (Agência Espacial Europeia) patrocinou o desenvolvimento de um experimento que simula a geometria do nosso planeta.
Experimento no espaço está revelando o interior da Terra
O líquido do experimento Geoflow move-se com a diferença de temperatura entre as duas esferas, simulando o que ocorre no manto da Terra. [Imagem: ESA]
Geoflow
Chamado Geoflow, o dispositivo contém duas esferas concêntricas, com um líquido entre elas.
A esfera interior representa o centro da Terra, a exterior a crosta. O líquido, obviamente, é o manto.
Livre da influência da gravidade da Terra, um campo elétrico de alta tensão cria uma gravidade artificial para a experiência.
À medida que as esferas rodam lentamente, criando uma diferença de temperatura entre as camadas, o movimento do líquido é monitorado de perto. As temperaturas podem ser controladas com uma precisão de décimo de grau.
Os primeiros resultados mostraram fluxos de convecção subindo em direção à camada exterior, tal como previsto nas simulações computacionais.
Plumas em forma de cogumelo nos fluidos expostos a fortes diferenças de temperatura poderão explicar a sequência de vulcões havaianos, no Pacífico Sul.
Mas uma melhor compreensão do nosso planeta não será o único resultado do Geoflow.
Os resultados deste trabalho poderão beneficiar a indústria ao melhorar os giroscópios esféricos, rolamentos, ou as centrifugadoras, por exemplo. Leia mais.