domingo, 2 de setembro de 2012

SOLUCIONADORES DE CONFLITOS E SINTETIZADORES - Os Dissolventes

Faz parte da vida depararmo-nos, no cotidiano, com conflitos.

Na Cosmologia energética, assim como cada fenômeno natural, eles têm seu lugar na dança cósmica. E este estudo também ensina como lidar com eles.

Existe o que se assemelha ao Jogo da Amarelinha - observe na figura ao lado. Funciona como um indicativo para a postura a se tomar para demonstrar sua capacidade de equilíbrio frente à situação, através do qual poderá obter resultados internos e externos.

Os responsáveis pelo equilíbrio, neste estágio, são os chamados dissolventes:
AMARELO, ROSA, VERMELHO e VIOLETA, respectivamente no relógio 3, 6, 9 e 12


  • Conflitos decorrentes entre 1-Preto (valores, matéria, egoismo, futuro) e o 2-Branco (conduta, família, memória, altruísmo, passado), equilibra-se com o 3-Amarelo (o presente, a comunicação). Resolve ideologicamente.
  • Conflitos entre o 4-Prata (invisibilidade, movimento, estratégia, intuição) e o 5-Dourado (visibilidade, expressão pessoal, autocentrismo), equilibra-se com 6-Rosa (bom humor, prazer, crianças). Resolve com a sabedoria adquirida pela experiência.
  • Conflitos entre o 7-Verde (alimentação física, mental e espiritual) e o 8-Celeste (maternidade, criatividade, afetividade, estética), equilibra-se com o 9-Vermelho (ação, impulso, iniciativa, paixão). Resolve direcionando a uma ação concreta.
  • Conflitos entre 10-Azul (racionalismo, conhecimento universal) e 11-Marrom (trabalho, hierarquia, estruturas), equilibra-se com o 12-Violeta (profundidade, consciência, transformação). Resolve aprofundando através da consciência.
As energias dissolventes são determinantes na interpretação de um mapa e o espaço que ocupam no relógio, maior que o das outras, simboliza sua importância. A forma como o indivíduo irá lidar com o conflito dependerá da posição, do grau, das relações dessas energias na carta e com relação ao vácuo: relógio acima representado, que é fixo e marca a memória ancestral.

Muitas vezes, basta que elas cumpram as razões a que vieram para que a unidade, a pessoa em questão, se realize nesta encarnação (veja mais detalhes sobre os dissolventes em RELÓGIOS - PARTE II  e sobre as razões em LIVRE ARBÍTRIO OU DETERMINISMO?). 

Os dissolventes possibilitam ir sintetizando os aspectos dos passos anteriores.

Embora sejam consideradas primas de Deus e possuam mais propriamente a virtude do livre arbítrio, acima delas tem o Laranja, a 13a. cor, e as cores mentais, ramificações que vibram numa oitava acima. Não estão sós. São partes do TUDO!