sábado, 5 de maio de 2012

MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES


Até hoje, não consegui encontrar afirmação, qualquer que seja, que não encontre base, ou seguidores. Tampouco encontrei alguma que fosse unânime.

Segundo a COSMOLOGIA ENERGÉTICA, somos seres de múltiplas possibilidades. As múltiplas possibilidades existem, já o provou a ciência, a quem interessar possa. Cada cor tem todas as cores dentro dela. Podemos, no mínimo, somar e subtrair, nos dividir e multiplicar conforme nos aprouver, dependendo do grau de comando da unidade. Ou, ainda, ser o que o mundo requisitar, ou permitir.

Este estudo, oriundo de tribos indígenas, mais precisamente os Jívaros, é, essencialmente, um conhecimento empírico resultante da vivência no planeta somada às informações cósmicas trazidas por seres extraterrestres.

A matemática e as relações com o cérebro foram sendo agregadas numa tentativa de comprovar o seu valor diante das mentes dos neo-terráqueos que, em decorrência da exposição ao próprio livre arbítrio e suas consequências, vivem repletas de conflitos e perplexidades. Talvez isso explique o fato de buscarem referências nas quais depositar sua confiança. Ainda que seja para obter um milionésimo de segundo de ilusão de imobilidade, montam estruturas onde apoiar seu corpo frágil e inseguro que, inexoravelmente, gira junto com o planeta e muda constantemente de estado e de lugar.

Com a adesão crescente de diferentes grupos de estudiosos, diante da constatação da surpreendente exatidão e profundidade deste tema, algumas modificações têm sido feitas nos formulários do Mapa, com o objetivo de torná-lo cada vez mais compreensível. Está disponível, aberto a contribuições que exprimam a ampliação do conhecimento.

Conforme já foi dito, o MAPA COSMOLÓGICO é um processo de investigação que nunca termina. À medida que avançamos no autoconhecimento, ocorrem eventos mágicos, abrindo novas portas, tais como a reprogramação, assistida ou não. E, como o Mapa tem um componente intuitivo, também pode mudar de acordo com as circunstâncias, ou quem o calcula.

Se podemos obter um mapa diferente cada vez que avançamos na pesquisa, como confiar nesses dados?

Pela experiência, que corrobora a de povos antigos cuja intuição integra a vida cotidiana, tudo está conectado e pode-se obter as informações sobre todos os envolvidos através da observação do que ocorre  ao redor. A mensagem surge, explícita, aos que se abrem para recebê-la, independentemente de técnicas   elaboradas ou esoterismos. Não é uma observação estática e sim dinâmica, que tenta acompanhar a vida em movimento. E ela vem diretamente da luz, inequívoca, através do empenho sincero. Provoca ressonância no indivíduo.

Todavia, como tendemos a construir, destruir e repor as capas protetoras em torno de nós, acompanhando os desdobramentos do jogo, consciente ou inconscientemente, o processo é contínuo e demanda sucessivas investigações.

Embora possa parecer misterioso, fictício, inverossímel até, trata-se, simplesmente, de leis naturais observadas por diferentes povos através dos milênios, que têm interpretado o mundo em que vivem, buscando um significado à sua existência.

Além do Cosmos - Mecânica Quântica - Natgeo/3 partes

Universos Paralelos 


NASCIMENTO MULTITEMPORAL
do Site Inovação Tecnológica, em 19/05/2012

Pela ionização do átomo (azul) em um campo de laser (vermelho) são produzidos elétrons (verdes), que podem nascer individualmente ou em pares, em uma escala de duração que só muito abstratamente pode ser chamada de "tempo". [Imagem: TU Wien]
Pela primeira vez, cientistas da Universidade de Tecnologia de Viena, na Áustria conseguem assistir ao "nascimento" de um elétron, um processo que era rápido demais para as tecnologias disponíveis até então.

Bem distante da realidade com a qual estamos tão acostumados, verificaram que não é possível definir o momento exato do nascimento do elétron - simplesmente porque ele não nasce em um momento apenas. Amplie aqui.