terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Nós quânticos são reais. E impossíveis de desatar


Visualização da estrutura do nó quântico. Cada faixa colorida representa um conjunto de direções no campo que está atado. Observe que cada faixa é torcida e ligada com as outras uma única vez. Desatar o nó exige que as faixas sejam separadas, o que não é possível fazer sem quebrá-las.[Imagem: David Hall]
Descoberta dos nós quânticos terá impacto na cosmologia, fusão nuclear e nos computadores quânticos.

É a primeira vez que os físicos conseguem observar a existência de nós naquilo que eles chamam de "matéria quântica", que já vinha sendo usada para fabricar cristais quânticos, cristais indecisos e até fractais quânticos.

Mas ninguém havia conseguido dar nós nessa matéria quântica, formada por átomos, naturais ou artificiais, em temperaturas próximas do zero absoluto, que permitem a observação de efeitos quânticos em escala macroscópica.

Em essência, toda matéria é quântica, mas, no caso desta classe de experimentos, o termo geralmente refere-se ao estado de átomos de rubídio ultrafrios formando um condensado de Bose-Einstein.

Diferentemente dos nós em uma corda, os nós quânticos existem em um campo que assume uma determinada direção em cada ponto do espaço. O campo se decompõe em um infinito número de anéis interligados, cada um com sua própria direção no campo.

Leia matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Nós quânticos são reais. E impossíveis de desatar. 26/01/2016. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=nos-quanticos. Capturado em 26/01/2016.