segunda-feira, 18 de março de 2013

Telescópio ALMA é inaugurado com descobertas questionadoras

Esta figura esquemática mostra como é que a luz emitida por uma galáxia longínqua é distorcida pelo efeito gravitacional de uma galáxia mais próxima, que atua como uma lente, fazendo com que a fonte distante apareça distorcida mas mais brilhante e formando característicos anéis de luz, os chamados anéis de Eisntein. Uma análise cuidadosa desta distorção revelou que algumas destas galáxias com formação estelar intensa apresentam um brilho equivalente a 40 trilhões de sóis, sendo que as lentes gravitacionais amplificaram até 22 vezes este valor. [Imagem: ALMA (ESO/NRAO/NAOJ)/L. Calçada/Y. Hezaveh et al.]

Os artigos científicos divulgados pela equipe do ALMA mostram que a formação estelar mais intensa no cosmos ocorreu muito mais cedo do que o que se supunha anteriormente.


Os cientistas ficaram surpresos ao descobrir que muitas destas galáxias longínquas e poeirentas que estavam formando estrelas se encontram ainda mais longe do que o esperado.

Isto significa que, em média, os episódios de formação estelar intensa ocorreram há 12 bilhões de anos atrás, quando o Universo tinha menos de 2 bilhões de anos - um bilhão de anos mais cedo do que o que se pensava anteriormente.
Duas das galáxias observadas são as mais distantes deste tipo já observadas - elas estão tão distantes que, se o modelo cosmológico estiver correto, sua luz começou a sua viagem quando o Universo tinha apenas um bilhão de anos.

Juntamente com observações anteriores, esses dados reforçam questionamentos sobre os cálculos atuais da idade do Universo - já se conhece pelo menos uma estrela (HD 140283) cuja idade aparente é maior do que a idade calculada do Universo. O ALMA mostrará pormenores nunca antes observados sobre a formação de estrelas e galáxias no Universo Primordial.


Leia matéria completa.

SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Telescópio ALMA é inaugurado com descobertas questionadoras. 14/03/2013. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=telescopio-alma-inaugurado-descobertas-questionadoras. Capturado em 18/03/2013.