sexta-feira, 17 de abril de 2015

Matéria escura interage; matéria escura não interage...

Estes são os resultados observacionais do primeiro estudo, que cobriu 72 colisões de aglomerados de galáxias.
 [Imagem: NASA/ESA/Harvey,Massey,Ebeling,Kneib]
Na mesma semana, dois estudos parecem apresentar resultados conflitantes sobre a matéria escura: um deles propõe que a matéria escura não interage nem mesmo consigo própria, enquanto outro detectou o que poderiam ser sinais dessa interação.

Contudo, embora apontem em sentidos opostos, os dois resultados podem ser vistos como complementares - eles estabeleceriam limites superiores e inferiores para o que se pode esperar se a matéria escura for constituída de alguma partícula, nos moldes de todas as demais previstas pelo Modelo Padrão da física.
Leia matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Matéria escura interage; matéria escura não interage.... 15/04/2015. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=materia-escura-interage-materia-escura-nao-interage. Capturado em 17/04/2015.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Descoberto sistema planetário pré-histórico

Quando a Terra se formou, os planetas da estrela Kepler-444 já eram mais velhos do que o nosso planeta é hoje. [Imagem: Tiago Campante/Peter Devine]
A descoberta altera os cálculos sobre o desenvolvimento da vida no Universo.
Astrossismologia
Usando dados do telescópio Kepler, da NASA, astrônomos da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriram um sistema planetário "pré-histórico".
Os dados indicam que a estrela Kepler-444 tem 11,2 bilhões de anos, tendo nascido quando o Universo tinha apenas 20% da sua idade atual.
A estrela, similar ao Sol, tem cinco planetas já identificados, todos muito pequenos, com dimensões entre Mercúrio e Vênus.
Leia matéria completa:
SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Descoberto sistema planetário pré-histórico. 28/01/2015. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=sistema-planetario-pre-historico. Capturado em 30/01/2015.


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O OLHO DO DRAGÃO - Amarelo Desespero

Campo de Girassóis
Pintura com a boca, de Rose Mary Orth
Já estava previsto.

Em suas instruções, Mestre Juan dizia aproximar-se o tempo em que Mercúrio, assim como Vulcano outrora, será devorado pelo Sol, provocando a mudança dos planetas nos vácuos. A pedra que representa o planeta Terra irá ao vácuo de Vênus, Marte rolará para o vácuo que hoje é da Terra.

Naqueles dias de aprendizado, na Montanha, o Amarelo (Mercúrio) já mostrava as suas características peculiares, através das quais, desde a antiguidade, tem sido relacionado à lucidez e ao seu extremo oposto, a loucura.

Entre esses extremos, o equilíbrio sempre correu sobre tênue linha, porém, pareciam distantes os dias em que o discernimento seria prejudicado ao ponto de promover o quadro generalizado de insensatez, incompreensão, corrupção das palavras e atos presente na atualidade.

Terá a raça humana acelerado o processo? Ou ocorre conforme estava escrito?

Agarrar-se a conceitos, a anseios inseridos nos sentimentos e pensamentos, em pleno movimento de desintegração, gera conflitos frente aos alertas internos.

O furacão aí está. Resta abrigar-nos no olho do dragão.